Logo-misex

Melhor Forma de Escolher o Lubrificante ou Anestésico Íntimo

Anestesicos-e-lubrificantes

Anestésicos e lubrificantes, por que usar?

Em toda relação amorosa existe o sexo, ou até mesmo entre pessoas que não se relacionam, de forma frequente. Porém, para que os envolvidos (2 ou mais pessoas) tenham prazer de verdade, uma ótima opção é incluir um lubrificante íntimo ou anestésico sexual.

O anestésico sexual é muito confundido com o lubrificante, mas os dois pretendem tornar o sexo mais prazeroso, afinal, você não vai sentir uma dor absurda. Inclusive, isso serve para os dois, tendo em vista que a lubrificação é primordial para ambas as partes. 

Dessa maneira, ter um anestésico sexual não é um luxo, e sim uma prioridade. Você deve sempre lubrificar muito bem as partes íntimas. Além disso, o anestésico sexual tem o intuito de aliviar o desconforto sentido em algumas posições na hora do sexo. 

No geral, a relação sexual é uma prática que faz bem à saúde e fortalece uma união entre duas ou mais pessoas. Por outro lado, outros benefícios do sexo são a melhora na autoestima e da circulação sanguínea, fortalecimento dos músculos pélvicos e reduzir a tensão. 

Dito isso, é interessante sempre estar em busca de formas mais prazerosas de curtir o sexo. Desse modo, vamos conferir abaixo como você pode escolher o seu lubrificante ou anestésico sexual. 

Variedade de anestésicos e lubrificantes 

O mercado atual nos apresenta uma variedade enorme de produtos no geral, e no caso dos lubrificantes e anestésicos isso não seria diferente. Com isso, é comum ver que as pessoas sentem uma certa dúvida sobre qual opção seria a melhor. 

Pensando nisso, vamos abordar a seguir os diversos tipos de lubrificantes íntimos para que você escolha a melhor opção para o seu caso. Isso porque os fabricantes oferecem tanta variedade que é preciso analisar cada opção com cuidado. 

Lubrificantes à base de água 

Os lubrificantes à base de água costumam ser os primeiros das listas por serem hipoalérgicos, isto é, não causam alergias. Inclusive, esses lubrificantes não reagem diretamente com o elemento látex, presente nas camisinhas. 

Dentre os seus benefícios, destaca-se o fato de que esses lubrificantes não mancham os tecidos se entrarem em contato e são fáceis de encontrar. 

No entanto, a sua desvantagem é que eles se apresentam como menos espessos, no que se refere aos outros lubrificantes.

Lubrificantes à base de silicone 

Por sua vez, os lubrificantes à base de silicone também não reagem com o látex. Contudo, a limpeza desse produto na pele pode ser mais difícil, quando comparamos com os lubrificantes citados anteriormente.

Inclusive, aqui o cuidado deve ser redobrado, visto que eles podem causar alergias em algumas pessoas, devido a composição. 

Lubrificantes à base de óleo ou petróleo 

Por fim, outro lubrificante muito conhecido é que possui como base o óleo ou petróleo. Eles são os mais espessos entre as opções citadas. 

Entretanto, eles não são indicados, afinal, a sua reação com a camisinha (no caso, com o seu material) pode causar o rompimento. Ressalte-se que esse tipo de lubrificante está quase que extinto no mercado. 

Qual o melhor momento para usar o lubrificante ou anestésico íntimo?

O melhor momento para usar o lubrificante ou anestésico íntimo é justamente no ato sexual, de forma prioritária quando os envolvidos não possuem uma lubrificação natural suficiente. 

É comum encontrarmos com pessoas que apresentam essa lubrificação ineficiente. Para esses casos existem os lubrificantes e anestésicos íntimos, que visam melhorar o ato sexual para os dois, aliviando um certo desconforto. 

Sendo assim, quando uma mulher está excitada, vemos que ela chega no seu ponto máximo de lubrificação, mas nem todas têm o suficiente para a penetração. Isso não indica que essa mulher não esteja com desejo. 

A média é que os homens demorem um tempo de 2 a 3 minutos para ficarem eretos, e as mulheres entre 15 e 20 minutos para alcançar o auge da excitação – não necessariamente o orgasmo.

Por conta disso, é de suma importância que o seu parceiro ou parceira invista nas preliminares. Assim, a lubrificação natural ocorrerá de forma espontânea. 

Dicas para escolher um lubrificante ou anestésico íntimo

A primeira dica para escolher um lubrificante ou anestésico íntimo é que você opte sempre por um à base de água. A priori, porque esse é o produto mais recomendado, mas também por conta da sua composição hipoalergênica. Assim, o produto não vai reagir com a camisinha, evitando o seu rompimento. 

Experimente ainda as opções de lubrificantes íntimos comestíveis, pois pode apimentar ainda mais a relação sexual. Tentar coisas novas na hora do sexo pode ser uma ótima opção, desde que os dois estejam de acordo. 

Além disso, não compre um produto que seja genérico, ou seja, que não seja específico para as suas partes íntimas. Muitas Sex Shops investem em produtos específicos, como a MiSex, então, vale a pena conferir as opções disponíveis.  

Compartilhar post:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja mais posts